Japoneses decretam a morte da TV analógica

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 3 de setembro de 2001 as 16:54, por: cdb

Enquanto o Brasil ainda dá os primeiros passos para a adoção da televisão digital e não definiu qual dos três padrões será utilizado, se o padrão japonês, o norte-americano ou o europeu, a indústria japonesa já trabalha com um calendário que prevê o fim da TV analógica, por volta de 2011, quando a esta aparelhos de TV com esta tecnologia não serão mais produzida no Japão, principalmente em razão da demanda pela TV digital e pelo barateamento dessa nova tecnologia.

A informação foi revelada por Mitsushiro Kagami, pesquisador e diretor do Institute of Developing Economies Japan External Trade Organization, do MITI do Japão, que está participando como conferencista convidado da 3ª Conferência Internacional “A Comunidade das Nações Ibero-Americanas e a Economia da Informação”, em São Paulo.

O diretor do instituto janponês lembrou que a TV digital foi implantada no Japão em junho de 1996 e que o sistema é hoje um dos melhores do mundo, aproveitando a oportunidade para criticar o padrão norte-americano. “Nos Estados Unidos a TV digital não se desenvolveu tanto porque as pessoas se acostumaram com a analógica e não demandam imagens mais sofisticadas”, enfatizou.

Durante a sua palestra, o pesquisador afirmou que este é o momento certo para a educação das pessoas para interagir e utilizar bem a Internet e destacou que o Brasil deveria exportar o software que desenvolveu para a área bancária, reconhecidamente uma das mais respeitadas em todo o mundo.