Japão quer coordenar discussão sobre dívida externa do Iraque

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 13 de maio de 2003 as 03:48, por: cdb

Assim que o Clube de credores de Paris lançar o debate entre seus países membros, o Japão pretende coordenar com a comunidade internacional a discussão da dívida externa do Iraque, afirmou nesta terça o ministro de Finanças, Masajuro Shiokawa.

Em declarações à imprensa, o ministro admitiu que Iraque mantém uma grande quantidade de dívidas com os setores público e privado do Japão, embora não tenha especificado a quantia.

– O Clube de Paris deve manter discussões básicas para que os países alcancem um acordo sobre o assunto, e a partir de então o Japão atuará em conjunto com outras nações – disse Shiokawa.

Embora não existam cifras oficiais, acredita-se que a dívida externa do Iraque gire em torno dos 130 bilhões de dólares.

A reunião de ministros de Finanças do Grupo dos Sete países mais industrializados e a Rússia (G-8) a ser realizada em Deauville, (França) na sexta-feira e sábado próximos, servirá para discutir o tema da dívida do Iraque, segundo fontes oficiais japonesas.

Na última reunião de abril passado, o G-7 pediu ao Clube de Paris que debata a questão como parte dos esforços para a reconstrução do Iraque.