JAL reduz mais vôos por causa de guerra e epidemia

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de abril de 2003 as 12:28, por: cdb

A Japan Airlines System Corp., empresa holding da Japan Airlines e Japan Air System, e conhecida como JAL, anunciou cortes adicionais em seus vôos internacionais devido à guerra no Iraque e o surto da Síndrome Respiratória Aguda Severa (ou SARS na sigla em inglês) na Ásia. A JAL informou que reduzirá o número de vôos de ida e volta entre Tóquio e Hong Kong de 21 para apenas sete vôos semanais, entre 14 e 23 de abril.

No dia 1 de abril, a companhia aérea japonesa reduziu esses serviços de 28 para 21 vôos semanais. Originalmente, a JAL pretendia reiniciar os serviços semanais de 28 vôos no dia 24 de abril, porém agora planeja continuar com o corte até o final do mês. O grupo então aumentará o número de vôos para 14 entre 1 e 31 de maio.

Atualmente, a JAL oferece oito vôos semanais entre Tóquio e Los Angeles, porém suspenderá um desses vôos entre 24 de abril e 14 de julho. A maior parte das reduções de vôos terão vigência até 23 de abril. O período do corte será estendido até 14 de julho para vôos saindo de Tóquio até Guam, Londres e Paris.

Dentre os cortes mais recentes, a JAL reduzirá serviços para Bangcoc, Seul, Xangai e Ho Chi Minh City.

Os vôos entre Tóquio-Zurique, Osaka-Guangzhou e Fukuoka-Hong Kong serão supensos temporariamente. O serviço de partilha de rota com a Air France Group entre Osaka-Paris ficará suspenso até 31 de maio. A Air France continuará operando o serviço até Osaka por si própria.