Jadel Gregório quebra recorde sul-americano e vence salto triplo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 20 de maio de 2007 as 14:11, por: cdb

O GP Brasil de atletismo deste domingo assistiu à queda de um feito estabelecido há mais de 30 anos. Favoritíssimo à conquista do salto triplo, Jadel Gregório não apenas faturou o título esperado como ainda quebrou o recorde sul-americano, conquistando a marca de 17,90m.

O recorde anterior havia sido registrado pelo mítico João do Pulo, que havia marcado 17,89m na disputa da prova dos Jogos Pan-americanos de 75, na Cidade do México. Na ocasião, João tomou o recorde mundial, que só viria a perder dez anos depois para o norte-americano Willie Banks.

Emocionado, o triplista tinha poucas palavras após sua façanha. “Eu não saltei sozinho; saltei com todos vocês (brasileiros)”, afirmou Jadel, que revelou seus planos. “Esperamos fazer um bom trabalho nos Jogos Pan-americanos”, completou o paranaense.

A marca de Jadel veio em sua quinta tentativa, animada pelo grande público que compareceu ao Estádio Olímpico do Pará. Já em seu primeiro salto, ele havia registrado a marca de 17,66m, superando a melhor marca da temporada até então, que era de 17,52m e pertencia ao cubano Osniel Tosca.

O cubano, por sinal, terminou a prova deste domingo na segunda colocação, alcançando a marca de 17,35m. Em mais uma disputa entre Brasil e Cuba, Leonardo Elizário dos Santos foi o terceiro com 16,75m, deixando Yoandri Betanzos na quarta colocação com 16,73m.

O recorde mundial da prova pertence hoje ao britânico Jonathan Edwards, que saltou 18,29m em 95. Vale ressaltar que Edwards se aposentou em 2003, e hoje trabalha como comentarista na TV inglesa.