Jacques Wagner defende aprovação da reforma trabalhista em 2004

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de novembro de 2003 as 11:25, por: cdb

O ministro do Trabalho, Jacques Wagner, espera que a reforma trabalhista seja analisada pela Câmara dos Deputados e pelo Senado em 2004. O ministro afirmou que entende que, por ser um ano eleitoral, seria mais complicado para os parlamentares o exame da proposta mas, como ministro, defende a análise e aprovação do texto o mais rápido possível. Jacques Wagner se referiu à recente declaração do presidente da Cãmara dos Deputados, João Paulo Cunha (PT-SP), que defendeu o exame da reforma trabalhista em 2005, devido as eleições do ano que vem. O ministro do Trabalho também rebateu as críticas do presidente do PDT, Leonel Brizola, de que a reforma trabalhista vai retirar direitos dos trabalhadores. Segundo ele, a reforma está sendo debatida e chegará ao Congresso com a aprovação de trabalhadores e empresários.