Israelenses matam dois militantes palestinos em bombardeio

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 6 de setembro de 2001 as 15:37, por: cdb

Um helicóptero militar israelense disparou mísseis contra um veículo na Cisjordânia, matando dois militantes palestinos.

Acredita-se que as duas vítimas fatais integravam a organização Fatah, do líder Yasser Arafat. Mas o alvo principal da investida israelense escapou ileso.

O exército israelense confirmou que estava tentando matar Raed al-Karmi. De acordo com oficiais palestinos, Karmi conseguu escapar do veículo quando ele foi atingido.

Israel acusa Karmi de estar envolvido em ataques perpetrados contra cidadãos israelenses.

Prisão recomendada

Karmi teria, segundo militares israelenses, atirado contra civis e colonos judeus.

Em pronunciamento oficial, os militares disseram ter fornecido à Autoridade Nacional Palestina uma lista com seu nome e recomendando a sua prisão.

Segundo eles, os palestinos não tomaram nenhuma medida.

Israel tem uma política de rastrear e matar militantes palestinos considerados responsáveis por ataques contra israelenses.

Os constantes ataques israelenses a alvos palestinos estão provocando um aumento da popularidade de grupos islâmicos radicais, como o Hamas e o Jihad Islâmico.