Israel usa tanques para patrulhar ruas de território palestino

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 23 de agosto de 2001 as 20:26, por: cdb

Pelo menos uma dezena de tanques do Exército israelense entraram, na noite desta quinta-feira, em uma área sob controle árabe na cidade de Hebron, na Cisjordânia, informaram as forças de segurança palestinas.

Os veículos, segundo os palestinos, se deslocaram pelo bairro de Abu Sneineh. As autoridades israelenses, mantendo o hábito de não comentar operações militares nos territórios sob autonomia palestina, recusaram-se a confirmar a informação.

Horas antes da incursão, as Forças de Defesa de Israel feriram Jihad al-Miemi, membro do grupo Fatah – a facção do líder palestino Yasser Arafat -, e mais três pessoas. As vítimas estavam em um carro, que foi bombardeado perto da cidade de Nablus, na Cisjordânia.

As autoridades do Estado judeu alegaram que al-Miemi foi o mentor de ataques recentes contra civis e soldados israelenses.

Os últimos incidentes chamaram a atenção para o que foi uma quinta-feira caótica no Oriente Médio. Duas crianças israelenses – um menino de 11 anos e seu irmão mais velho – foram feridas a tiros por palestinos em Hebron.

Na Faixa de Gaza, um menino palestino de 12 anos morreu e seu irmão ficou ferido quando tropas israelenses abriram fogo contra um campo de refugiados em Khan Yunis, segundo informação da Sociedade do Crescente Vermelho.

Segundo as Forças de Defesa de Israel, os soldados dispararam contra as pernas de militantes que tentavam romper a cerca no acampamento vizinho de Gush Katif.

À tarde, fontes palestinas disseram que a polícia interceptou tanques israelenses que se deslocavam em direção à cidade árabe de Der al Balah, região central da Faixa de Gaza.

Militares israelenses confirmaram o confronto e disseram que os tanques seguiram para Gaza depois que três bombas foram lançadas em direção a uma colônia judaica.