Irregularidades fazem governo suspender dinheiro de programas de saúde em mais de 300 cidades

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 28 de fevereiro de 2012 as 15:13, por: cdb

Carolina Pimentel
Repórter da Agência Brasil

Brasília – O Ministério da Saúde suspendeu o repasse de incentivos financeiros a equipes dos programas Saúde da Família, Saúde Bucal e de agentes comunitários em mais de 300 municípios por causa de irregularidades no cadastro dos profissionais.

A transferência, referente ao mês de janeiro deste ano, foi suspensa devido à duplicidade nos dados dos profissionais que atuam nesses municípios que constam no Sistema de Cadastro Nacional de Estabelecimentos de Saúde. A lista dos municípios atingidos pela medida foi publicada na edição de hoje (28) do Diário Oficial da União.

O ministério encontrou irregularidades no cadastro de 261 equipes do Saúde da Família, 249 do Saúde Bucal e de 1.725 agentes comunitários de saúde.

Edição: Vinicius Doria