Irmãos australianos são condenados por crimes ligados a terror em Beirute

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de dezembro de 2003 as 00:59, por: cdb

Dois irmãos australianos foram condenados a dez anos de prisão por crimes relacionados com terrorismo, informou nesta segunda-feira o governo da Austrália. O ex-carregador de bagagens Bilal Khazal e seu irmão Maher foram considerados culpados por um tribunal militar neste sábado, disse um porta-voz do ministro da Justiça Chris Ellison. Ele não deu mais detalhes sobre o caso.

Um jornal australiano disse que os dois homens foram condenados por terem ajudado financeiramente um grupo de ativistas muçulmanos acusado de ter realizado um ataque a bomba numa lanchonete do McDonald’s em abril em Beirute.