Irmão de refém britânico diz que engenheiro será libertado

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 29 de setembro de 2004 as 10:15, por: cdb

Paul Bigley, irmão do engenheiro britânico que continua em poder de seqüestradores no Iraque, anunciou nesta quarta-feira ter recebido uma mensagem dizendo que Kenneth Bigley será libertado. Segundo a CNN, Paul Bigley disse que o comunicado indica que seu irmão será poupado. A mensagem foi publicada no website “AlQalah.com” em nome do grupo Tawhid e Jihad (Monoteísmo e Guerra Santa, em Português), do terrorista jordaniano Abu Musab al-Zarqawi.

– Não é um comunicado típico, apresenta uma linguagem e formato tão complexo que estou 90% certo de que seu conteúdo é verdadeiro – disse Paul Bigley em entrevista à emissora de televisão ITV.

“O conteúdo tem muitos detalhes políticos, condenando isso e aquilo, mas o principal é que Ken vai ser poupado. Também há um aviso de que a Grã-Bretanha vai ter que ficar mais atenta no futuro”, contou Bigley.

O comunicado diz que o grupo de Zarqawi “liberta o prisioneiro, salva sua vida e alerta que aqueles que colaborarem com agressor, de qualquer jeito, devem deixar o país ou vão ter o mesmo destino que os outros que o antecederam, ou seja, a decapitação”. A nota diz que “os leões da Jihad” decidiram poupar Bigley “para enfatizar a humilhação do governo britânico e seu exército”.