Iraque supera produção de petróleo pré-guerra

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 14 de dezembro de 2007 as 21:58, por: cdb

A produção de petróleo no Iraque superou os níveis registrados antes da invasão liderada pelos Estados Unidos em 2003, de acordo com dados divulgados pelo Ministério do Petróleo iraquiano nesta sexta-feira.

O Ministério revelou que o país está hoje produzindo 2,5 milhões de barris por dia, cerca de 600 mil a mais do que produzia no início do ano. Desde então, a produção iraquiana passou a ter um crescimento constante.

O aumento seria reflexo da melhoria nas condições de segurança no país, especialmente no norte do Iraque, onde há um oleoduto crucial que é usado para exportar a produção.

Até poucos meses atrás, esse oleoduto permanecia fora de operação por longos períodos devido a episódios de sabotagem.

Incerteza

No momento, o duto estaria levando cerca de 300 mil barris diários do petróleo iraquiano para a Turquia.

A infra-estrutura de produção de petróleo no Iraque quase encontrou em colapso após a ofensiva liderada pelos Estados Unidos.

Segundo o analista da BBC Mark Gregory, a cifra atual representa uma pequena melhoria em relação ao período anterior ao início da guerra, mas não há garantias de que esse nível de produção será mantido.

De acordo com a Agência Internacional de Energia, mesmo com o reforço no contingente de segurança no norte do Iraque, o oleoduto deixou de funcionar por dez dias no mês passado, depois de ser alvo de um ataque.

A recuperação da indústria petrolífera iraquiana ocorre em um momento de contínua incerteza no mercado internacional do produto, o que tem levado o preço do barril a se aproximar dos US$ 100.

O Iraque é o país com a terceira maior reserva comprovada de petróleo, atrás apenas da Arábia Saudita e do Irã, e a invasão do país teve um impacto significativo sobre a oferta mundial do produto.