Iraque deseja que EUA prestem contas em tribunais internacionais

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 21 de março de 2003 as 08:43, por: cdb

O Iraque anunciou que pedirá ao Conselho de Segurança uma resposta à guerra liderada pelos Estados Unidos, que classifica de ato de agressão por um “Estado terrorista”. Segundo informou a Agência Lusa, o país pedirá também que os Estados Unidos sejam chamados a prestar contas perante tribunais internacionais, incluindo o Tribunal Penal Internacional.

De acordo com comunicado da missão iraquiana nas Nações Unidas, “os Estados Unidos agiram como um estado terrorista, por tentarem assassinar a liderança de um estado membro das Nações Unidas”. O comunicado exorta os países a condenarem a campanha militar norte-americana e os povos do mundo a manifestarem-se nos próximos dias contra “o colonialismo, o domínio e o imperialismo”.

O Iraque acusa o presidente George W. Bush de recorrer a falsas informações na sua declaração de guerra, ao afirmar que pretende libertar o povo iraquiano “quando para todo o mundo é claro que ele quer libertar os poços iraquianos de petróleo”.

O embaixador iraquiano nas Nações Unidas, Mohammed al- Douri, declarou que não sabe para quando pedirá uma reunião do Conselho de Segurança, pois pretende discutir ainda os passos a dar com o seu governo, com a Liga Árabe, com o Movimento dos Não alinhados e com outros colegas.