Iranianos se oferecem como escudos humanos para proteger reator

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 8 de setembro de 2004 as 09:56, por: cdb

Milhares de iranianos devem se voluntariar para servir de escudos humanos no caso de um ataque contra uma das principais instalações nucleares do país, informou na quarta-feira o grupo que está organizando a ação.

Os voluntários protegeriam um reator nuclear que está sendo construído com auxílio da Rússia no porto de Bushehr, sul do Irã, disse o Comitê para Comemoração de Mártires da Campanha Islâmica Global.

– Milhares de moradores de Bushehr vão se candidatar para proteger o reator – disse um porta-voz do grupo.

Segundo ele, a organização reuniu desde junho 25 mil nomes de voluntários em “busca de martírio” em todo o Irã. A cerimônia será nesta quinta-feira em Bushehr.  O Irã afirma que seu programa nuclear é destinado somente para gerar energia elétrica. Mas Israel e os EUA acusam o Irã de procurar armas nucleares.

O país especula que os dois Estados podem tentar destruir Bushehr com ataques aéreos, assim como fizeram aviões de guerra israelenses com o reator Osirak, no Iraque, em 1981.