Irã quer proibir propaganda de produtos estrangeiros

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 13 de janeiro de 2005 as 07:29, por: cdb

O Parlamento iraniano tomou as medidas iniciais para aprovar um projeto que proíbe a propaganda de produtos importados, afirmaram jornais, nesta quinta-feira. A iniciativa é parte de uma campanha contra a influência cultural do Ocidente.

Endossada pela comissão cultural do Parlamento, a medida proíbe a propaganda dos produtos importados na TV, em locais públicos e em meios de transporte públicos.

Ela se tornará lei uma vez que seja aprovada no Parlamento e ratificada pelo Conselho Guardião, o órgão de vigilância legislativa do país.

Desde a revolução islâmica de 1979, os conservadores iranianos tentaram, sem sucesso, proibir a venda de ícones da cultura ocidental, como as bonecas Barbie ou a Coca-Cola.