Irã começa enriquecimento de urânio a 20%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 9 de fevereiro de 2010 as 09:58, por: cdb

O Irã começou nesta terça-feira o enriquecimento de urânio a 20% na usina nuclear de Natanz, segundo informações divulgadas pela TV estatal Al-Alam. De acordo com a emissora, o processo está sendo acompanhado por inspetores da Agência Internacional de Energia Atômica (Aiea).

A decisão foi anunciada no último domingo pelo presidente Mahmoud Ahmadinejad e colocou o país em oposição a uma parte da comunidade internacional.

O governo iraniano nega que a fórmula mais elaborada do urânio tenha fins não pacíficos como a produção de bombas atômicas, por exemplo. Em discursos públicos, Ahmadinejad costuma acusar os inimigos do Irã de articulação contra o progresso nuclear e tecnológico do país.

Na segunda-feira um porta-voz da Agência Internacional de Energia Atômica (AIEA) disse que a agência teme que o plano do Irã de começar a produzir urânio altamente enriquecido atrapalhe as chances de salvar um acordo já proposto de fornecimento de combustível entre Teerã e as potências Ocidentais.

– O diretor-geral da AIEA, Yukiya Amano, notou com preocupação essa decisão, uma vez que ela pode afetar, em particular, os esforços internacionais para garantir a disponibilidade do combustível nuclear para um reator de pesquisa de Teerã – afirmou a porta-voz Gill Tudor em comunicado.

– (Amano) reiterou que a agência desempenha um papel de mediador na questão do reator de pesquisa de Teerã – completou.