iPod poderá ter menu sonoro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 8 de maio de 2007 as 19:45, por: cdb

Engenheiros da Universidade de Toronto, no Canadá, e a Microsoft Research estão trabalhando em um software que pode tornar possível navegar pelos menus de aparelhos eletrônicos, como o iPod, com círculos sensíveis ao toque sem olhar para eles, no qual, toda a informação necessária será transmitida através do fone de ouvido.

A técnica, chamada de earPod, fornece respostas em áudio quando a pessoa passa seu dedo pelo menu do aparelho. Apesar de ainda não estar pronta para os iPods de verdade, os resultados são encorajadores, segundo Patrick Baudisch, da Microsoft. Após 30 minutos de uso da nova tecnologia, as pessoas podem navegar pelo earPod mais rápido que com o menu tradicional, e com a mesma precisão.

– Requerer atenção visual constante enquanto usa um iPod não faz sentido -, disse Baudisch à publicação Technology Review.
 
A novidade também podem ajudar os aparelhos a ter maior tempo de duração da bateria e adiciona a função do menu a tocadores sem tela, como o iPod shuffle.
 
O primeiro protótipo do earPod tem um menu com dois níveis de hierarquia e oito itens por categoria, num total de 64, disponibilizados como no iPod tradicional. O sistema foi desenhado para aparelhos menus de toque circulares, divididos geralmente em oito partes. Quando uma pessoa toca o sistema de um equipamento com o earPod, o menu responde em áudio com uma voz humana pré-gravada.

O sistema fala qual subdivisão corresponde ao que o dedo da pessoa está tocando, e quando o usuário alcança uma das divisões invisíveis, escuta um click. Para selecionar um item e ir para o próximo nível, ele deve levantar seu dedo, escutando um barulho como de uma fotografia sendo tirada, o que indica a escolha. Quando o dedo passa para outra seção, o áudio da descrição é interrompido e apresenta-se a nova divisão.

Entretanto, o earPod não pode ser um substituto completo para um menu do iPod. Isso porque ele não é capaz de se adaptar a mudanças que uma atualização do software pode trazer na ordem dos tópicos, além do número limitado de itens que a pessoa pode acessar.