Invencibilidade mantida

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 21 de outubro de 2012 as 21:49, por: cdb

Com o empate fora de casa, equipe segue invicta na competição (Crédito:BFR)

Os juniores do Fogão seguem inalcançáveis no Torneio OPG. A equipe comandada por Jair Ventura empatou em 1 a 1 com o Macaé no distante CT do KM 5 e manteve sua invencibilidade na competição. Sem muito tempo para descansar, os juniores treinarão na tarde desta segunda-feira, iniciando a preparação para enfrentar o Vasco, quarta-feira, em Itaguaí.

A ida do Botafogo à Macaé representou mais que uma partida de futebol para os moradores da cidade. A equipe alvinegra viajou no novo ônibus do clube e chamou a atenção de muitos, alguns inclusive seguiram a delegação para tirar fotos do “Glorioso”.  Após almoçar em um restaurante do centro, os jogadores foram recepcionados por Geraldo e seu neto Erick. Os torcedores fizeram questão de desejar boa sorte à equipe e receberam do presidente Mauricio Assumpção o convite para conhecer o interior do veículo.

“Estava passeando na rua com meu neto e tive que parar. Meu neto tem apenas seis anos e sempre foi alvinegro”, falou o empolgado torcedor.

Sob forte calor, Botafogo foi melhor na partida e encarou adversário traiçoeiro

O adversário da vez foi o Macaé. A equipe que ocupava a 2ª colocação do Grupo E, venceu o Fluminense por 3 a 2 em seu domínio e se tornou um adversário complicado. O Botafogo superou o forte calor, as condições do gramado e conseguiu o importante ponto fora de casa. O gol alvinegro foi marcado por Gegê.
Botafogo e Macaé imprimiram um ritmo muito forte no início da partida, mas não criaram efetivas chances de gol. O primeiro a arriscar foi o Fogão, aos 19, após o cruzamento de Lukinhas que o arqueiro quase colocou para dentro de sua própria rede.

A força alvinegra consistiu na boa atuação de seus laterais Renan Lemos e Rafael Reis, que realizaram uma partida intensa no ataque e na defesa. Aos 30, Rafael Reis cruzou pela direita e Falque cabeceou sem direção.
O Botafogo voltou para o segundo tempo com todo gás, tomou a iniciativa de ataque, mas não conseguiu converter em gols. Aos 4, o Macaé surpreendeu e marcou seu gol em um lance isolado. Aos 7, Sassá arriscou de muito longe e quase encobriu o goleiro Macaense. Aos 14, Gegê teve boa chance em cobrança de falta e por pouco não empatou.

O Macaé teve a chance de ampliar aos 16, mas parou no goleiro Douglas, que defendeu com os pés a investida do time da casa. O Glorioso colocou a bola no chão, apostou em sua qualidade técnica e chegou ao empate. Aos 19, Sassá fez boa jogada individual e tocou para Renan Lemos, o lateral foi no fundo e cruzou para Gegê, que acertou um belo chute e igualou o marcador, 1 a 1. O Fogão intensificou seu ataque nos minutos finais e teve boas oportunidades com Sassá, Tellechea e Cazú, porem não alcançou a virada.

Botafogo: Douglas; Rafael Reis, Cazú, Vinicius e Renan Lemos; Elber e Dedé; Lukinhas (Tellechea), Gegê e Sassá; Falque (Octávio)