Integrantes da CPI visitam Cindacta I

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 14 de maio de 2007 as 17:42, por: cdb

Deputados que integram a Comissão Parlamentar de Inquérito (CPI) do Apagão Aéreo visitam o Centro Integrado de Defesa Aérea e Controle de Tráfego Aéreo (Cindacta I). Os parlamentares solicitaram a visita para conhecer os equipamentos e as condições de trabalho no local, responsável por controlar os vôos de uma área de 1,5 mil quilômetros quadrados na região Centro-Oeste e parte da Sudeste.

O local em Brasília é um dos dois ambientes investigados pela Polícia Federal por conta de possíveis falhas que ocasionaram a queda do avião da Gol Linhas Aéreas, em 29 de setembro de 2006. No meio do mês de março, uma falha em um equipamento do Cindacta causou novos atrasos nos aeroportos brasileiros. No final de março, controladores de vôo do país, inclusive os do Cindacta I, fizeram um motim e paralisaram as operações para exigir melhores condições de trabalho.

Os deputados também terão a oportunidade de ter mais detalhes sobre o modelo de integração dos sistemas de controle da avião civil e de defesa do espaço aéreo. Segundo a assessoria de imprensa da Aeronáutica, o grupo de 16 deputados foi recebido pelo comandante da Aeronáutica, brigadeiro Juniti Saito, no Comando de Defesa Aeroespacial Brasileira (Comdebra), onde estava prevista uma explicação do comandante Ricardo Machado Vieira sobre a importância do local.

Em seguida os deputados seguiram para o centro de controle de área, responsável pela aviação civil, e o centro de operações militares, a quem compete a defesa do espaço aéreo. No centro de operações, além de terem acesso integral ao local, os deputados poderão fazer perguntas aos controladores. Por fim, a visita dos parlamentares também prevê a entrada nas salas onde funcionam as centrais técnicas de comunicação, radionavegação, e a central de meteorologia aeronáutica.