Integrantes da AL-Qaeda continuam presos no Canadá

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 28 de agosto de 2003 as 01:17, por: cdb

Um tribunal canadense manteve na última quarta-feira a prisão preventiva de cinco dos 19 supostos membros de uma célula adormecida da rede terrorista Al-Qaeda desbaratada há duas semanas no Canadá.
 
Os suspeitos, 18 paquistaneses e um indiano, foram presos durante uma operação em Toronto, em 14 de agosto passado, confirmou a Real Polícia Montada Canadense.
 
A lei canadense de imigração permite a prisão temporária de suspeitos de ‘ameaça à segurança nacional’, exatamente a preocupação das autoridades do Canadá. Os casos de oito suspeitos foram analisados nesta quarta-feira e os onze restantes serão observados amanhã.
 
– Aparentemente, um grupo de quatro ou cinco jovens mudava constantemente de endereço ou trocava de residência com outro grupo – disse Terry McKay, advogado que representa o ministério da Cidadania e Imigração.

As autoridades argumentam que os jovens, a maioria estudantes, obtiveram vistos de permanência no Canadá de maneira ilegal, utilizando uma escola de negócios que está fechada e vendia matrículas falsas.
 
As acusações do governo estão baseadas em informações fragmentadas e os investigadores buscam mais provas para tentar consolidar o caso. Mohammed Syed, advogado de defesa de um dos acusados, pediu que as autoridades canadenses apresentem qualquer evidência.