Inflação em São Paulo sobe 0,57%

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 3 de junho de 2016 as 11:35, por: cdb

Dos sete grupos pesquisados, o que mais influenciou a elevação da inflação foi o de despesas pessoais, que passou de uma alta de 0,48% para 1,3%

Por Redação, com ABr – de Brasília:

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido pela Fundação Instituto de Pesquisas Econômicas (Fipe), na cidade de São Paulo, fechou o mês de maio com alta de 0,57%, variação acima da registrada em abril (0,46%). No acumulado do ano, a taxa apresenta variação de 4,33% e, nos últimos 12 meses, de 9,98%.

Dos sete grupos pesquisados, o que mais influenciou a elevação da inflação foi o de despesas pessoais, que passou de uma alta de 0,48% para 1,3%. Também ganhou força o aumento em habitação (de 0,09% para 0,51%). Em educação, a taxa subiu de 0,09% para 0,19%.

inflação
Os alimentos, que sempre têm impacto sobre o orçamento doméstico, apresentaram ligeiro decréscimo com variação de 0,68%

Já os alimentos, que sempre têm impacto sobre o orçamento doméstico, apresentaram ligeiro decréscimo com variação de 0,68% ante uma alta de 0,73%, no mês anterior. Em saúde, a taxa desacelerou com variação de 1,53% ante 2,32%. O mesmo ocorreu no grupo vestuário (de 0,94% para 0,86%) e, em transportes, ocorreu queda mais acentuada (de -0,11% para -0,61%).

Inflação sobe em abril

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), medido na cidade de São Paulo, encerrou abril com alta de 0,46% , taxa abaixo da registrada em março (0,97%). Desde janeiro deste ano, a taxa acumula alta de 3,74% e, nos últimos 12 meses, de 10,03%.
A redução no ritmo de aumento reflete a perda de força nos reajustes em quatro dos sete grupos pesquisados e a queda de 0,11% no grupo transporte ante uma alta de 0,37%, em março. O decréscimo mais significativo ocorreu no grupo alimentação (de 1,87% para 0,73%).