Inflação é a maior desde 1994

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 30 de outubro de 2002 as 23:56, por: cdb

A Fundação Getúlio Vargas informou nesta quarta-feira que a inflação de outubro, medida pelo Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M), foi de 3,87 por cento, a maior já apurada pelo indicador desde agosto de 1994, mês que se seguiu à implantação do Plano Real e quando o índice marcou 7,56 por cento.

Segundo a FGV, no mês de outubro, o Índice de Preços por Atacado (IPA), que representa 60 por cento no cálculo do IGP-M, ficou em 5,62 por cento, o maior desde fevereiro de 1999, quando foi de 5,82 por cento.

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC), que representa 30 por cento do IGP-M, foi de 0,91 por cento e o Índice Nacional de Preços da Construção Civil (INCC), que compõe os 10 por cento restantes, teve uma alta de 0,82 por cento.

De acordo ainda com a FGV, os preços que mais contribuíram para o elevado índice de outubro foram os do cacau, mais caro em 28 por cento; café, em alta de 22 por cento; trigo (31,78 por cento) e soja (17,15 por cento). O IGP-M superou em muito a estimativa média do mercado financeiro.

Na pesquisa semanal do Banco Central, feita junto a cerca de 70 instituições financeiras, o índice projetado para outubro era de 2,90 por cento.

O calculo do IGP-M foi feito com base nos preços registrados entre os dias 21 de setembro e 20 de outubro.