Inflação dos aluguéis diminui ritmo na segunda prévia de março

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de março de 2010 as 11:08, por: cdb

O Índice Geral de Preços do Mercado (IGP-M) subiu 0,91% na segunda prévia de março, com leve desaceleração ante os 1,10% de alta registrados em fevereiro.

O resultado do índice que reajusta os aluguéis, anunciado nesta segunda-feira pela Fundação Getulio Vargas (FGV), ficou dentro das estimativas do mercado, que trabalhava com uma elevação entre 0,85% e 1,09%.

A FGV informou que até a segunda prévia de março o IGP-M acumula aumentos de 2,74% no ano e de 1,91% nos 12 meses fechados no período. Os preços foram coletados de 21 de fevereiro a 10 de março.

Os três indicadores que compõem o IGP-M tiveram aumentos menores. O IPA (Índice de Preços no Atcado) subiu 1,10% na prévia anunciada nesta segunda, após avançar 1,34% em igual prévia de fevereiro.

O IPC (Índice de Preços ao Consumidor) teve alta de 0,64% em março ante o aumento de 0,80% no mês passado. O INCC (Índice Nacional da Construção Civil) caiu de 0,39% na prévia de fevereiro para 0,37% em março.

As altas de preço mais expressivas no atacado foram registradas na laranja (28,39%); no tomate (63,67%); e no leite in natura (5,58%). Já as mais significativas quedas de preço, no atacado, foram apuradas em soja em grão (-3,90%); farelo de soja (-11,28%); e arroz em casca (-7,83%).

Segundo a FGV, o IPA acumula altas de 3,06% no ano e de 0,49% em 12 meses. O indicador representa 60% do total do IGP-M.

Os preços dos produtos agrícolas no atacado acumulam aumentos de 3,46% no ano, e de 0,66% em 12 meses. Já os preços dos produtos industriais no atacado registram altas de 2,93% no ano, e de 0,43% em 12 meses.