Indústria já começa a exportar mais, diz IBGE

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 15:28, por: cdb

A indústria brasileira está se tornando cada vez mais exportadora. É o que revela pesquisa do IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) realizada em 2001. Os cem produtos mais vendidos pelo setor industrial representaram 19% do total das exportações brasileiras. Em 1998, essa participação era de apenas 11%.

– Se vê uma participação crescente na lista dos cem produtos mais vendidos, com destaque para os de maior valor agregado -, comenta o chefe do departamento de Indústria do IBGE, Sílvio Sales.

Foram responsáveis pelo aumento no total das vendas exportadas, os setores ligados à aviação, petróleo e telefones celulares.

Os aparelhos de telefones celulares também destacaram-se no ranking dos cem produtos mais vendidos. Foram da 138ª para a 10ª posição de 1998 para 2001. Nas exportações, passaram da 86ª para a 12ª posição no período.

A pesquisa ainda mostra que aumentou a concentração industrial no país. Os dez itens mais vendidos correspondiam a 17% do total de vendas em 2001. Dois anos antes, a participação do grupo era de 13%. No grupo dos que mais venderam, entraram aviões, álcool anidro e hidratado e telefones celulares. Saíram do grupo os refrigerantes, medicamentos e peças e acessórios para o sistema de motor.

Por atividade, o grupo de alimentos e bebidas é líder no ranking dos cem que mais venderam 2001, com 21,46% do total, seguidos pelos de refino de petróleo (18,87%) e montagem de automóveis (13,25%).

Os cem produtos que mais venderam corresponderam a cerca de 50% do total das vendas da indústria em 2001.