Incêndio em escola russa mata 22 crianças

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 7 de abril de 2003 as 17:01, por: cdb

Vinte e dois alunos com idades entre 10 e 16 anos morreram na Rússia após um incêndio ter atingido uma escola em um vilarejo remoto na Sibéria. Doze outras pessoas da escola secundária foram levadas para o hospital com queimaduras e outros ferimentos.

O fogo começou logo depois do início das aulas da escola, um prédio de madeira com dois andares no vilarejo de Sydyi Bal, uma região muito pouco povoada perto da cidade de Vilyuisk, a cinco mil quilômetros de Moscou. O prédio queimava de cima a baixo quando os bombeiros chegaram, disse Gavril Fedorov, vice-diretor dos bombeiros da região.

Autoridades disseram que mais de 120 crianças e professores estavam no prédio. O presidente Vladimir Putin ordenou que o governo tome medidas imediatas para ajudar as famílias das vítimas.

Médicos e medicamentos estavam sendo enviados por helicóptero da capital de Yakutsk, a 400 quilômetros, para a região, que conta com grandes reservas de ouro e diamante.