Imperatriz Michiko expressa preocupação com a saúde do imperador

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 20 de outubro de 2003 as 04:37, por: cdb

A imperatriz Michiko, mulher do imperador do Japão, Akihito, expressou, nesta segunda-feira, à imprensa local, sua preocupação com a saúde de seu marido, que foi operado de câncer de próstata no início deste ano.

Por ocasião de seu 69º aniversário, a imperatriz respondeu às perguntas escritas dos jornalistas japoneses que cobrem regularmente a Casa Imperial, nas quais fez um rápido resumo do último ano.

– Houve muitas experiências novas para mim e foram de ansiedade e de dias de preocupação – disse a imperatriz, referindo-se ao diagnóstico de câncer de próstata de seu marido e à operação, à qual foi submetido em janeiro.

A imperatriz disse ter desejado que o câncer de Akihito tivesse sido um sonho que não tivesse existido ao despertar.

Seus comentários são feitos poucos dias depois dos resultados dos recentes exames de sangue feitos pelo imperador e que mostraram níveis irregulares e necessitam ser avaliados, apesar da cirurgia.

Sobre este assunto, a imperatriz ressaltou a necessidade de se acompanhar com cuidado a saúde do imperador no futuro e falou da conveniência de que, na medida do possível, sejam reduzidas as tarefas oficiais da agenda do monarca.

A imperatriz Michiko também comentou a difícil adaptação a esta sociedade dos cinco japoneses que retornaram há um ano da Coréia do Norte, onde foram obrigados a viver desde o seqüestro realizado por espiões do regime norte-coreano há várias décadas.

Michiko expressou ainda seu pesar pelo ataque terrorista cometido em agosto passado contra a sede das Nações Unidas em Bagdá, no qual, entre outras vítimas, estava o enviado da ONU para o Iraque, o brasileiro Sérgio Vieira de Mello.