IGP-M fica abaixo da expectativa na prévia de setembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 21 de setembro de 2004 as 10:05, por: cdb

O Índice Geral de Preços de Mercado (IGP-M) teve variação de 0,61% na segunda prévia de setembro. O resultado, divulgado pelo Instituto Brasileiro de Economia (IBRE) da Fundação Getúlio Vargas, ficou um pouco abaixo da variação do mesmo período do mês anterior (0,62%). No ano o IGP-M acumula alta de 10,16% e nos últimos doze meses 11,80%.

Nos três Índices que compõem o IGP-M ( IPA/IPC/INCC) o de Preços por Atacado foi o único que apresentou elevação em comparação a agosto, passando de 0,60% para 0,77%. O Índice de Preços ao Consumidor (IPC) registrou elevação de 0,14% e no mês anterior 0,60% e no Índice Nacional da Construção Civil (INCC) a variação caiu de 0,81% para 0,71%.

No IPA, tiveram altas os preços de suínos (6,92%), da soja (5,56%), álcool etílico hidratado (5,46%), querosene para motores (5,18%) e cana-de-açúcar (2,27%). No IPC, a maior variação foi no preço do limão (45,14%), seguido do açúcar refinado (10,21%) e batata inglesa (5,21%). No INCC, a alta significativa foi do preço do aço, que variou 6,65%.

As quedas expressivas ficaram por conta dos preços do tomate (-32,34%), no IPA, e da manga (-34,93%), no IPC.