Hospital de Itaboraí ganha centro cirúrgico

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 26 de setembro de 2004 as 14:05, por: cdb

A governadora Rosinha Garotinho e o secretário de Estado de Saúde, Gilson Cantarino, inauguram nesta segunda o centro cirúrgico e o centro obstétrico no Hospital Estadual João Baptista Caffaro, localizado na Rua Osório Costa, s/nº, Km 44 da Estrada Rio-Manilha, em Itaboraí.

Os centros terão três salas e realizarão partos e cirurgias ginecológicas. O Hospital de Itaboraí ganhará também oito leitos de alojamento conjunto (mãe/bebê), uma sala de recuperação pós-anestésica com dois leitos e Unidade de Terapia Intensiva (UTI) com seis leitos para adultos. O governo do Estado investiu cerca de R$ 800 mil na realização das obras do hospital.

– A inauguração deste serviço é mais um investimento do governo do estado visando ampliar cada vez mais o atendimento na área de saúde, não só na região metropolitana, como no interior – comentou o secretário de Saúde.

Cantarino lembra que o hospital, está situado num local estratégico, próximo ao entroncamento da BR-111 e BR-116, por onde passam diariamente cerca de 120 mil veículos. Além da população de Itaboraí, o hospital atende os municípios de Tanguá, Rio Bonito, São Gonçalo, Silva Jardim e Magé.

Com os novos serviços o hospital passa a ser um centro de referência para a população destes municípios, além de contribuir para desafogar o atendimento do Hospital Azevedo Lima, em Niterói.

– Nossa intenção é ampliar cada vez mais o atendimento nesta unidade e para isso estamos nos preparando com equipamentos e profissionais altamente qualificados – acrescentou Cantarino.

A expectativa da Secretaria de Saúde é de que o hospital possa realizar inicalmente cerca de 300 partos por mês, incluindo os normais e as cesarianas. Além disso, o João Baptista Caffaro está preparado para realizar pequenas cirurgias como as de vesícula ou as relacionadas a especialidades como proctologia e ortopedia.

O Hospital João Baptista Caffaro foi inaugurado em 2001 pelo então governador Anthony Garotinho e realiza cerca de 15 mil atendimentos mensais de emergência. A unidade conta com clínica médica, pediatria, ortopedia, odontologia e realiza pequenas cirurgias. Possui ainda 30 leitos para internação de clínica médica e nove de pediatria. O hospital realiza exames de ecocardiografia, endoscopia, colonoscopia e eletrocardiograma. O funcionamento do laboratório e da radiologia é de 24 horas.