Hospital de Ipanema é destaque em congresso

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 10 de outubro de 2009 as 15:06, por: cdb

Médicos do Hospital Federal de Ipanema (HFI) apresentaram pesquisas em que usam procedimentos não invasivos para tratar doenças como cálculo renal e câncer de próstata. O HFI, que participou com cinco trabalhos científicos no Congresso Mundial de Endourologia, em Munique, é o hospital brasileiro com o maior número de pesquisas incluídas neste evento internacional. Os estudos foram apresentados pelos urologistas Lessandro Curcio Gonçalves, Sérgio Gancz e Bruno Lopes Cançado.

Referência em urologia, o Hospital de Ipanema leva a experiência acumulada nos últimos 22 anos em cinco tipos de cirurgias que já beneficiaram aproximadamente 2,2 mil pacientes do Sistema Único de Saúde (SUS). Os temas focalizam a litotripsia percutânea (fragmentação e remoção de cálculos renais) e quatro modalidades de videolaparoscopia (com uso de câmeras de vídeo). Até o encerramento do Congresso, neste sábado, tais trabalhos foram compartilhados por especialistas de todo o mundo.

Os trabalhos relatam casos cirúrgicos de maior relevância científica e também registram a evolução técnica da Urologia do Hospital Federal de Ipanema, que é um serviço de referência, tanto na assistência aos pacientes como na formação de médicos. Esta será a segunda participação do Hospital de Ipanema no Congresso Mundial de Endourologia. A anterior foi em Cancun, no México, em 2007.