Hospital da Flórida transmite cirurgias à América Latina

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 1 de novembro de 2003 as 17:24, por: cdb

Um hospital do sul da Flórida iniciou um projeto de telecirurgia pela Internet para a América Latina, para que estudantes de medicina e cirurgiões da região conheçam os últimos avanços médicos.

Segundo o jornal El Nuevo Herald, centros médicos na América Latina puderam observar, através de imagens transmitidas ao vivo pela Internet, como seus colegas do Hospital Baptista de Miami (Flórida, EUA) realizam cirurgias complexas.

O hospital é o primeiro centro a oferecer este tipo de serviço pela Internet à região com fins educativos, e é um dos dez hospitais nos Estados Unidos que está realizando estas cirurgias a longa distância.

“Certamente, é algo novo na América Latina”, disse Jonathan Linkous, diretor da Associação Americana de Telemedicina, em Washington. Linkous explicou que “trata-se de um método extremamente importante para ensinar os médicos em áreas remotas, e é muito eficiente”.

Segundo alguns médicos na América Latina que assistiram as cirurgias ao vivo, estas ensinarão, sem intermediários, como são feitas certas operações e a aplicação de novas técnicas e avanços cirúrgicos em seus respectivos países.

Uma das operações mais comuns que é escolhida para as telecirurgias é a laparoscopia, na qual se reduz o tamanho do estômago e se faz uma nova conexão intestinal em um paciente obeso, uma das especialidades pelas quais se destaca internacionalmente o Hospital Baptista.

O centro médico Baptista informou que investiu US$ 1 milhão em infra-estrutura para o projeto, e US$ 1 milhão adicional ao ano em operações.