Horário de verão muda em até duas horas final do segundo turno

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 22 de outubro de 2012 as 12:42, por: cdb

Das 50 cidades brasileiras onde ocorrem segundo turno das eleições municipais no próximo domingo (28), 37 delas vigorará o horário de verão durante a votação. A mudança de horário não interferirá no andamento das eleições porque a urna eletrônica é programada para iniciar e encerrar a votação conforme o horário de cada localidade. Mas, com a medida, em certas cidades o encerramento da votação acontecerá uma ou duas horas após o fechamento nos municípios atingidos pela mudança de horário.  
Nos Estados do Acre, Amazonas e Rondônia, o encerramento da votação será feito duas horas após o término nas cidades em que vigorará o horário de verão. São elas: Rio Branco (AC), Manaus (AM) e Porto Velho (RO).

Já nos oito municípios do Nordeste aonde haverá segundo turno – Salvador e Vitória da Conquista (BA), Fortaleza (CE), São Luís (MA), Campina Grande e João Pessoa (PB), Teresina (PI) e Natal (RN) – e em dois do Norte – Macapá (AP) e Belém (PA) – a diferença será de apenas uma hora em relação às cidades onde estará vigorando o horário de verão no dia da eleição.

Não ocorrerá segundo turno em nenhuma localidade dos Estados de Alagoas, Goiás, Pernambuco, Roraima, Sergipe e Tocantins e nem no Distrito Federal, onde não há eleição municipal.

Na madrugada deste domingo (21), começou oficialmente o horário de verão em 11 Estados do país e no Distrito Federal, ocasião em que nas localidades atingidas pela medida os relógios foram adiantados em uma hora.

Veja abaixo as cidades nas quais o segundo turno eleitoral será realizado em pleno horário de verão:

Espírito Santo – Cariacica, Vila Velha e Vitória;
Mato Grosso – Cuiabá;
Mato Grosso do Sul – Campo Grande;
Minas Gerais – Contagem, Juiz de Fora, Montes Claros e Uberaba;
Paraná – Cascavel, Curitiba, Londrina, Maringá e Ponta Grossa;
Rio de Janeiro – Belford Roxo, Duque de Caxias, Niterói, Nova Iguaçu, Petrópolis, São Gonçalo e Volta Redonda;
Rio Grande do Sul – Pelotas;
Santa Catarina – Blumenau, Florianópolis e Joinville;
São Paulo – Campinas, Diadema, Franca, Guarujá, Guarulhos, Jundiaí, Mauá, Ribeirão Preto, Santo André, São Paulo, Sorocaba e Taubaté.

Da Redação em Brasília

 

..