Homicídio doloso aumenta em março no RJ

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 22 de maio de 2007 as 21:02, por: cdb

O Instituto de Segurança Pública (ISP), divulgou, nesta terça-feira, as estatísticas de criminalidade no estado do Rio de Janeiro e os números revelam que os homicídios dolosos (quando há intenção de matar), no mês de março, chegaram a 640 – um aumento de 33 casos em relação ao mesmo período do ano passado. Se comparado com o mês anterior, o crescimento dos casos é ainda mais significativo: em março houve mais 154 casos que em fevereiro.
 
Outro aumento significativo ficou por conta de roubos a pedestres, que pularam de 3.499 para 4.861, ou seja, 1.362 a mais, se comparado ao mês de março de 2006. Se comparados com o fevereiro, houve 660 casos a mais em março.

O roubo de veículos, que passou de 3.153 para 3.381, uma elevação de 228 casos. Roubo em coletivo também sofreu um aumento de 221 casos, totalizando 815 ataques em março. De mês para mês, houve aumento de 784 casos, se comparado com fevereiro.

Na capital, de acordo com análise do ISP, os furtos de veículos dispararam de 885 para 983, 98 a mais do que os registrados em março do ano passado. Também aumentaram os roubos a transeuntes, que passaram de 2.320 para 3.192, ou seja, um aumento de 872 casos. Cresceram ainda os roubos de veículos – de 2.187 para 2.370 – e roubos em coletivos, com um acréscimo de 122 casos. De janeiro a março de 2007, comparado ao mesmo período do ano passado, este tipo de delito subiu de 988 para 1.221, um aumento de 233 casos.

Os delitos que sofreram redução no estado, de janeiro a março de 2007 em relação ao mesmo trimestre do ano anterior, segundo o ISP, são os seguintes: extorsão (com menos 28,7%), latrocínio (menos 27,3%) e roubo a estabelecimento comercial (menos 13,4%).