Homem que ameaçava clientes do HSBC no Líbano se entrega

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 29 de março de 2003 as 09:45, por: cdb

Um homem armado com uma granada de mão que tomou neste sábado, como reféns os clientes e empregados do banco HSBC de Beirute se entregou horas mais tarde ao ministro do Interior do Líbano, Elias Murr, sem deixar vítimas.

Samir Abdel Karim Berro, originário da região de Nabatieh, no sul do Líbano, disse que havia tomado a atitude pelos “mártires iraquianos e palestinos”

Em entrevista concedida ao canal de televisão LBC, o ministro do Interior afirmou que o homem estava desesperado pelo que está acontecendo no Iraque e que tomara a medida afirmando que não tinha nada a perder e queria se matar.

Murr falou com o homem durante 10 minutos e o convenceu a não detonar a granada e a se entregar, pois se se matasse “aumentaria o número de vítimas civis inocentes”.

Samir Abdel Karim Berro se entregou após condicionar seu rendimento a ser entrevistado pelos canais de televisão locais.

A polícia cortou a rua onde fica o banco e evacuou a todas as pessoas dos edifícios adjacentes.

O detido está sendo interrogado pela polícia libanesa.