Hércules da Força Aérea bate em maciço e mata nove militares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de setembro de 2001 as 15:42, por: cdb

Um avião Hércules C-130, da Força Aérea Brasileira (FAB), com nove tripulantes, todos militares, chocou-se contra uma montanha na Serra do Tiririca, na cidade de Niterói, região metropolitana do Rio de Janeiro, na tarde desta quinta-feira. A aeronave explodiu, causando a morte de todos os ocupantes.

O Centro de Comunicação da Aeronáutica confirmou o acidente em nota oficial, lamentando as mortes.

Segundo o comando da Aeronáutica, o Hércules atingiu a serra às 12:15, hora local, próximo à praia de Itacoatiara. O avião pertencia ao Segundo Esquadrão do Primeiro Grupo de Transporte de Tropa, com sede no Rio de Janeiro, e retornava à base aérea quando o acidente aconteceu.

As causas do acidente ainda não são conhecidas.

Dois helicópteros do Corpo de Bombeiros e soldados do Exército trabalham nas buscas, mas a chuva na região atrapalha o deslocamento por terra.

O avião havia decolado do Campo dos Afonsos, na zona oeste do Rio de Janeiro. Segundo os bombeiros, a base da Aeronáutica perdeu o contato com a aeronave antes do desastre.

Dois corpos já foram localizados pelos soldados do Corpo de Bombeiros.