Hartung diz que a prisão de Gratz é resposta de sociedade organizada

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 28 de fevereiro de 2003 as 18:07, por: cdb

O governador do Espírito Santo, Paulo Hartung, afirmou nesta sexta-feira que a prisão do ex-presidente da Assembléia Legislativa capixaba José Carlos Gratz é uma resposta da sociedade organizada contra corrupção, ao narcotráfico e à criminalidade que se instalou no Estado.

“A prisão de (José Carlos) Gratz é um fato importante na luta que o governo do Espírito Santo e a sociedade capixaba travam contra a corrupção, a impunidade e o envolvimento de autoridades públicas com ações criminosas”, afirmou o governador, por meio de sua assessoria de imprensa.

Segundo o governador, a prisão de Gratz é resultado de uma ação coordenada entre vários instâncias de poder. “Estamos reagindo organizadamente numa ação integrada dos ministérios públicos federal e estadual, polícias federal e estaduais civil e militar, Polícia Rodoviária Federal, Receita Federal, Alfândega e sociedade civil, através da Ordem dos Advogados do Brasil, das Igrejas e entidades de direitos humanos.

Estamos reagindo organizadamente e colhendo resultados”, disse o governador, ainda segundo sua assessoria.