GVT antecipa metas até dezembro

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 30 de outubro de 2001 as 13:32, por: cdb

A GVT – operadora de telefonia fixa para nove Estados e o Distrito Federal – anunciou a antecipação das metas até o final de dezembro, já que no contrato firmado com a Anatel – Agência Nacional de Telecomunicações – está prevista a implementação de aproximadamente 500 mil terminais telefônicos em 54 cidades ainda neste ano.

De acordo com as informações divulgadas, a operadora já concluiu mais de 90% da infra-estrutura nessas localidades, sendo que no final de 2001, sua rede terá 6.500 quilômetros de fibra óptica e cobrirá além de 200 Estações Rádio-Base (ERBs) espalhadas pela Região II, que corresponde aos Estados do Sul, Centro-Oeste e parte do Norte do País.

A GVT já opera em 29 cidades e até o final do ano a empresa pretende atingir o restante das localidades de sua região de operação. Segundo a empresa, já foram comercializadas mais de 260 mil linhas no primeiro ano de operação, sendo mais de 210 mil no mercado doméstico e 50 mil no corporativo.

Segundo o comunicado da operadora, a empresa vai manter os investimentos de R$ 2,8 bilhões previstos para o triênio 2000-2002. A empresa entrou no mercado com seu plano de negócios lastreado em 40% pelos acionistas e 60% por fornecedores como Nortel Networks, HP e ECI. Dessa forma, a operadora já investiu R$ 400 milhões em 2000, R$1,3 bilhão neste ano e outros R$1,1 bilhão serão investidos em 2002.

Além de chamadas de longa distância intra-regional – através do código 25 – da oferta de produtos relacionados à transmissão de voz, dados e internet para clientes residenciais e corporativos, a GVT pretende ser uma alternativa em ligações de longa distância para qualquer localidade do País ou do mundo, sendo que a solicitação da licença já foi feita à Anatel e a expectativa da operadora é que a autorização aconteça até dezembro, viabilizando a oferta do serviço ainda no primeiro trimestre do ano que vem.