Gustavo Borges alcança índice olímpico

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 3 de maio de 2003 as 20:32, por: cdb

Gustavo Borges surpreendeu e foi o primeiro nadador brasileiro a conseguir o índice para a disputa dos Jogos Olímpicos de Atenas, neste sábado à tarde, durante as eliminatórias do Troféu Brasil, nos 100m, livre. O nadador venceu a sua série com o tempo de 49s63, três centésimos abaixo do tempo exigido para a competição grega. O bom desempenho também garantiu a pré-classificação para o Mundial de Barcelona, em julho, e os Jogos Pan-Americanos de São Domingos, em agosto.

Neste domingo pela manhã acontecem as finais e, para estar assegurado tanto no Mundial quanto no Pan-Americano, nos 100m, livre, Borges precisa torcer para que seu tempo não seja superado por outros dois nadadores. Cada país pode inscrever somente dois atletas por prova em ambas competições.

– O tempo é bom, mas se colocarmos no ranking mundial não significa muita coisa. Preciso ao menos estar na casa de 48 segundos – contou Borges, de 30 anos. – Parar eventualmente vou mas, enquanto estiver sendo competitivo, continuarei.

Mais uma surpresa neste sábado foi a quebra do recorde Sul-Americano no 100m, livre, feminino. Flávia Delaroli, do Pinheiros, venceu sua série eliminatória, com o tempo de 56s76, superando a marca de Rebeca Gusmão, Associação Atlética Banco do Brasil/DF, feita em fevereiro, 56s85.

Eduardo Fischer, do Joinville, igualou seu próprio recorde Sul-Americano ao nadar os 100m, peito, em 1min02s33. E Tiago Pereira, do Minas Tênis, se pré-classificou para o Mundial e o Pan-Americano ao nadar os 200m, medley, em 2min04s48.