Guggenheim de Las Vegas fecha as portas

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 12 de maio de 2003 as 13:38, por: cdb

As portas do Guggenheim Las Vegas, uma “vitrine” da cultura pop, foram fechadas e o prédio será transformado em um outro tipo de museu. A informação foi divulgada no domingo pelo cassino e hotel Venetian, que abriga o complexo.

O Venetian, um dos hotéis e cassinos mais elegantes de Las Vegas, foi construído como uma colagem de obras-primas da arquitetura de Veneza. Seu menor museu, o Guggenheim Hermitage, de foco mais clássico, vai continuar aberto, disse um representante da empresa.

O espaço do Guggenheim Las Vegas, inaugurado em 2001 com uma mostra sobre a motocicleta enquanto arte, custou 25 milhões de dólares e foi desenhado pelo arquiteto holandês Rem Koolhass, famoso por ter projetado as lojas Prada.

O local passará por uma renovação que custará mais de 25 milhões de dólares e será reaberto em 2004 como espaço para espetáculos, disse o presidente do Venetian, Rob Goldstein, segundo o jornal The Los Angeles Times.

O Venetian formou uma parceria com o museu Solomon R. Guggenheim para criar o espaço em Las Vegas.

O Guggenheim Hermitage é uma joint venture entre o museu Guggenheim e o museu russo State Hermitage. Ele se situa ao lado do hall de mármore que vai desde uma fonte situada perto da recepção do Venetian até o cassino.

Nos últimos anos, Las Vegas vem aderindo à causa da arte cara, e o Guggenheim Las Vegas era visto como uma ponte entre os museus tradicionais e a cultura popular.

O espaço incluía uma clarabóia que lembrava o teto da Capela Sistina, em Roma. O museu a chamou de “um gesto em direção à estética de Las Vegas”.

O Guggenheim Las Vegas promoveu uma única exposição, a mostra sobre as motos, encerrada em janeiro.

A próxima exposição do Guggenheim Hermitage, “American Pop Icons”, será aberta ainda em maio e vai incluir obras dos artistas Jasper Johns e Andy Warhol.