Guga se contenta com Top 10

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 10 de abril de 2003 as 11:11, por: cdb

Gustavo Kuerten embarca para a Europa nesta quarta-feira, para a temporada de torneios disputados no saibro – sua superfície preferida. A jornada começa no Masters Series de Monte Carlo, na próxima semana. Depois vem Barcelona, Roma, Hamburgo e Roland Garros.

“Treinei forte. Se eu sair desta temporada entre os 10 melhores, já vai ter valido a pena. Espero chegar à final em um ou dois torneios e jogar bem Roland Garros”, afirmou o brasileiro, em Florianópolis, antes do embarque.

Atualmente, o catarinense é o número 15 do Ranking de Entradas, que leva em conta os resultados das últimas 52 semanas. Este ano ele já foi campeão do Torneio de Auckland e vice-campeão de um Masters Series (Indian Wells).

“O jeito que o meu ano está indo indica que as coisas estão na direção certa. Mas isso não é suficiente, tenho que trabalhar bastante e ir com uma certa precaução. Aliás, desde os 15 anos não treinava tanto”, afirmou. Dos cinco próximos torneios, Kuerten só não ganhou em Barcelona.

“Não posso pensar que, só porque já ganhei esses torneios uma vez, as coisas virão de graça para mim. Vou seguir treinando e ir em busca dos resultados. Aos poucos as vitórias devem aparecer e aí o meu respeito cresce novamente entre os jogadores.”

Guga também comentou o sorteio para a repescagem da Copa Davis. O Brasil vai encarar novamente o Canadá. “Esperava um adversário um pouco mais difícil. O Canadá é bem qualificado, tem bons jogadores, mas o Brasil pode superá-los. Agora é partir para a batalha.”

O treinador Larri Passos afirmou que o catarinense vai “surpreender muita gente”. “Procurei trabalhar a paciência dele nestes dias.”

“Preparamos algumas coisas novas para surpreender os adversários, baseado no que eu vi em Buenos Aires e Acapulco. Monte Carlo tem um dos pisos mais lentos do circuito e nos últimos dias demos ênfase aos treinos para que o Guga gere muita força com a bola.”