Guga perde e dá adeus ao US Open

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 3 de setembro de 2002 as 23:21, por: cdb

NOVA YORK — O tenista brasileiro Gustavo Kuerten foi eliminado, nesta terça-feira, do Aberto dos Estados Unidos, o US Open, ao perder para o holandês Sjeng Schalken por 3 sets a 1, em uma disputada partida válida pelas oitavas-de-final do torneio, o último do Grand Slam desta temporada.

Schalken, vigésimo quarto cabeça-de-chave do tornieo, venceu Guga com parciais de 6-3, 7-6 (8-6), 6-7 ( 5-7) e 7-6 (7-4), em pouco mais de três horas de jogo.

Depois de perder o primeiro set, Guga começou em desvantagem no segundo, mas lutou até que, no oitavo game, empatou a parcial e levou a decisão para o tie-break.

O brasileiro chegou até a ter um set point, mas uma direita sua acabou na rede, igualou o desempate e Schalken terminou vencendo a parcial.

No terceiro set, Guga conseguiu quebrar o serviço do holandês logo no primeiro, mas perdeu o seu em seguida.

Novamente a decisão foi para o tie-break, só que dessa vez Guga levou a melhor e o jogo foi para o quarto set.

Como nos sets anteriores, o primeiro saque da série foi quebrado, só que por Schalken.

Guga ainda se recuperou, devolveu a quebra no sexto game, levou outra decisão para o tie-break, mas o adversário foi superior e no segundo match point fechou a partida.

“Perdi o jogo, mas só posso sair daqui contente com a semana excelente que eu tive”, declarou Guga.

“Fiquei surpreso com a maneira como joguei; cresci a cada partida, ganhei confiança, fui sentindo o meu corpo melhor a cada jogo e, nesta terça-feira, realmente, qualquer um poderia ter vencido”.

O técnico de Guga, Larri Passos, também se mostrou orgulhoso com o desempenho do tenista.

“Foram pequenos detalhes que decidiram o jogo e o Guga tem que ficar feliz, porque lutou até o ultimo momento”, disse Passos.

Com 150 pontos no ranking mundial e outros 30 na Corrida dos Campeões, Guga irá disputar agora o Brasil Open, na Costa do Sauípe, a partir da próxima semana.

Schalken, por sua vez, passou às quartas-de-final e irá enfrentar o chileno Fernando González, que derrotou o francês Arnaud Clement por 6-4, 6-2 e 6-3.

Venus Williams sofre para avançar

Por sua vez, a norte-americana Venus Williams, número dois do mundo e segunda cabeça-de-chave, avançou às quartas-de-final da chave feminina ao vencer sua compatriota Chanda Rubin, décima quarta pré-classificada, por 2 sets a 1, com parciais de 6-2, 4-6 e 7-5, em um jogo muito disputado.

Venus Williams, bicampeã do US Open e que só havia perdido seis games em suas três primeiras partidas, precisou de uma hora e 53 minutos para vencer Rubin.

A próxima adversária de Venus Williams será a também norte-americana Monica Seles, sexta cabeça-de-chave, que derrotou a suíça Martina Hingis por 6-4 e 6-2.