Guga derrota Rosset e chega às quartas-de-final em Lyon

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sexta-feira, 11 de outubro de 2002 as 00:26, por: cdb

O brasileiro Gustavo Kuerten precisou de dois tie-breaks para vencer o suíço Marc Rosset, nesta quinta-feira, e avançar às quartas-de-final do Torneio de Tênis de Lyon.

Guga derrotou Rosset com parciais de 7-6 (7/5) e 7-6 (7/5) e irá enfrentar o russo Marat Safin, primeiro cabeça-de-chave do torneio, por uma vaga nas semifinais, na sexta-feira, a partir das 14:00 (horário de Brasília)

Após a boa vitória na estréia, diante do marroquino Younes El Aynaoui, Guga precisou de muita paciência para conseguir superar o suíço, conhecido por seu forte saque e pelos vários aces que aplica durante os jogos.

No primeiro set, o brasileiro não teve chance alguma de quebra de saque e, como também não cedeu nenhuma, a decisão acabou indo para o tie-break.

Guga saiu na frente, administrou a vantagem e fechou o set com um voleio para fora de Rosset.

No segundo set, o brasileiro salvou um break point no primeiro game e depois não deu mais chances para o adversário, perdendo apenas mais três pontos no seu serviço.

Rosset, por sua vez, também não deu chances ao brasileiro e, novamente, a decisão foi para o tie-break.

No entanto, ao contrário do primeiro tie-break, o suíço abriu vantagem e chegou a fazer 5-2, mas Guga não perdeu a confiança e, fazendo bom uso da sua esquerda, reverteu o placar e com um smash e selou sua oitava vitória consecutiva nesta temporada.

Essa é a terceira vez que Guga alcança as quartas-de-final em Lyon, onde foi quadrifinalista em 1999 e 2000, sendo eliminado, respectivamente por Nicolas Lapentti e por Patrick Rafter.

Nesta temporada, já é a quinta vez que Guga passa às quartas-de-final de uma competição, tendo sido quadrifinalista em Mallorca e Hamburgo, no saibro, na quadra rápida de Los Angeles e erguendo o troféu de campeão do Brasil Open, na Bahia, também em quadra rápida.

“Estou muito feliz por estar nas quartas-de-final aqui em Lyon”, disse Guga.

“Já sabia que o jogo ia ser duro, decidido em poucos pontos e precisei ter muita paciência para ganhar”.

Agora, para avançar à semifinal do primeiro torneio no carpete que disputa na temporada 2002, Guga terá que superar Safin, quarto colocado no ranking mundial e terceiro na Corrida dos Campeões.

Os dois tenistas já travaram seis duelos no circuito profissional e estão empatados em três nos confrontos diretos, com Guga vencendo as últimas três partidas.

Todos os jogos que fizeram foram em ocasiões importantes e, fora a última vitória de Guga, no US Open, por 3 sets a 0, decididos no terceiro ou no quinto set, dependendo do torneio.

“Nós nos conhecemos muito bem, sabemos como cada um vai jogar e, com certeza, vai ser uma partida emocionante, decidia nos detalhes”, observou Guga.

Grosjean elimina Sá

Por sua vez, o francês Sebastien Grosjean eliminou o brasileiro André Sá da competição ao vencê-lo por 2 sets a 0, também em partida válida pelas oitavas-de-final.

Grosjean, terceiro cabeça-de-chave, superou o brasileiro com parciais de 6-0 e 6-1, avançando às quartas-de-final, em que vai enfrentar seu compatriota Arnaud Clement.

“Hoje estava difícil”, disse o brasileiro, após a derrota. “Ele estava em um dia inspirado, tomou a iniciativa do jogo desde o início e não me deu chances; não pude fazer nada”.

O Torneio de Lyon é disputado em quadras de piso rápido e distribui 761 mil dólares em prêmios.