Guerra global se o Iraque for atacado, garante Saddan

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 16 de março de 2003 as 18:44, por: cdb

O presidente do Iraque, Saddam Hussein, disse neste domingo, que se seu país for atacado, a guerra se estenderá por todo o mundo, “no céu, na terra e no mar”.

Saddam fez a advertência durante reunião com os altos comandantes do Exército iraquiano, informou a agência oficial de notícias do país árabe (INA).

“Quando o inimigo começar uma batalha em grande escala, terá que perceber que, para nós, será uma batalha aberta; no céu, na terra, no mar, no mundo inteiro”, afirmou Saddam.

O líder iraquiano reiterou que seu país não tem armas de destruição em massa, como afirmam principalmente Estados Unidos, Reino Unido e Espanha.

“Não há armas de destruição em massa no Iraque”, disse Saddam, que afirmou em tom sarcástico: “mas dêem-nos um pouco de tempo e os meios necessários e produziremos qualquer arma que queiram, e então os convidaremos para que venham e a destruam.”

A declaração de Saddam Hussein foi feita pouco depois de o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, e os chefes de Governo do Reino Unido, Tony Blair, e da Espanha, José María Aznar, realizarem uma cúpula na Base das Lajes (arquipélago português dos Açores).