“Guerra é provável mas não inevitável”, diz ministro britânico

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 15 de março de 2003 as 09:43, por: cdb

“Uma guerra no Iraque é mais provável, entretanto não é inevitável, afirmou neste sábado o ministro britânico das Relações Exteriores, Jack Straw, durante uma entrevista à rádio BBC, de Londres.

“As perspectivas de uma ação militar é atualmente mais provável, e lamento muito, mas não é inevitável”, declarou o chanceler britânico.

De acordo com Straw, o presidente iraquiano Saddam Hussein “tem tempo para obedecer” as resoluções das Nações Unidas que exigem o seu desarmamento, mas “este tempo está contado”.

O comentário de Straw acontece um dia antes da reunião que acontecerá domingo, no Arquipélago português dos Açores, no Oceano Atlântico, entre o presidente dos Estados Unidos, George W. Bush, o primeiro-ministro britânico, Tony Blair, e o primeiro-ministro espanhol Jose Maria Aznar.

Os três líderes, que são a favor de uma ação militar no Iraque, buscarão uma resolução consensual para o Iraque, para que seja apresentada no Conselho de Segurança da ONU.