Grupo quer investir em cinemas populares

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado terça-feira, 6 de maio de 2003 as 14:40, por: cdb

Um grupo de empresários, produtores e diretores cinematográficos acaba de se associar ao grupo Severiano Ribeiro – que possui grande parte das salas de cinema fora do eixo Rio-São Paulo – para investir na criação de cinemas multiplexes populares na periferia de várias capitais.

Participando da iniciativa estão nomes como o produtor Luiz Carlos Barreto, José Bonifácio de Oliveira Sobrinho (Boni), Nizan Guanaes, Alexandre Accioly e Cacá Diegues.

O investimento inicial, de cerca de R$ 100 milhões, pretende inaugurar 14 complexos – que terão entre seis e dez salas cada – até 2004, nas periferias de São Paulo, Rio, Belo Horizonte e Brasília. A meta da rede Paratodos, cujo ingresso deve custar R$ 3, é abrir 3500 salas em três anos. Hoje, em todo o Brasil, existem 1700 salas de cinema.