Grupo de vereador Jerominho tem seis foragidos

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de dezembro de 2007 as 20:42, por: cdb

Seis pessoas suspeitas de participação na quadrilha que seria chefiada pelo vereador Jerônimo Guimarães Filho, o Jerominho (PMDB), estão foragidas. O vereador foi preso na quarta-feira acusado de chefiar grupo de milícias na Zona Oeste – paramilitares que cobram taxas de moradores para protegê-los de suposta insegurança. A Justiça determinou a prisão de dez denunciados. Dois deles já estavam na cadeia, outros dois foram presos na quarta, entre eles o vereador.

O Ministério Público também denunciou o deputado estadual Natalino Guimarães (DEM), irmão de Jerominho. Como é deputado, Natalino só poderia ser preso em flagrante pela prática de crime inafiançável. O deputado chegou a convocar uma entrevista na tarde desta quinta-feira na Câmara Municipal, no Centro do Rio,  mas não apareceu.

O grupo foi denunciado pelo MP por formação de quadrilha e bando armado. Além de cobrar por segurança, eles explorariam também transporte pirata, caça-níqueis e centrais clandestinas de TV a cabo. Eles também estariam envolvidos em grupos de extermínios. Jerominho negou as acusações.