Grupo chinês passa a controlar gigante financeiro no Brasil

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado sábado, 30 de julho de 2016 as 17:43, por: cdb

O comunicado do grupo chinês sobre o acordo diz que serão preservados os atuais produtos e a carteira de negócios da Rio Bravo e que haverá expansão para novas linhas operacionais

 

Por Redação – de São Paulo

 

O Grupo Fosun da China consolidou, neste sábado, o contrato para aquisição do controle acionário do Grupo Rio Bravo Investimentos, de acordo com comunicado divulgado nas primeiras horas da manhã pela gestora brasileira. A nota não traz valores sobre a operação, que diz fazer parte da estratégia de crescimento do Fosun em países emergentes e visar a expansão dos negócios do grupo na América Latina.

Presidente do Banco Central no governo FHC, Gustavo Franco é acionista da Rio Bravo
Presidente do Banco Central no governo FHC, Gustavo Franco é acionista da Rio Bravo

Na última quarta-feira, a agência inglesa de notícias Reuters publicou que o grupo chinês estava em negociação avançada para comprar a gestora brasileira, no que seria o primeiro investimento da empresa chinesa no Brasil. Com a aquisição, a Rio Bravo passa a compor a rede global do Grupo Fosun. A Rio Bravo tem entre seus sócios-fundadores o ex-presidente do Banco Central Gustavo Franco.

O comunicado sobre o acordo diz que serão preservados os atuais produtos e a carteira de negócios da Rio Bravo e que haverá expansão para novas linhas operacionais a partir de novas oportunidades e sinergias.

“O Brasil é geograficamente um canal que liga a América Latina e a Ásia. Com sua diversidade econômica e grande tamanho, o Brasil tem forte influência na região”, disse o presidente da Fosun, Guo Guangchang, na nota.

Ele afirmou que a aquisição da Rio Bravo é um marco importante na estratégia da Fosun de estar presente nas maiores economias emergentes

O presidente da Rio Bravo, Mario Fleck, disse, também na nota, que “a associação com o Grupo Fosun é uma oportunidade para oferecer aos nossos clientes institucionais e individuais no Brasil um maior espectro de produtos financeiros e novas possibilidades de investimento”.

O fechamento e a implementação da aquisição de controle deverão acontecer uma vez verificadas certas condições estabelecidas no contrato firmado entre as partes.

A Rio Bravo gerencia cerca de 10 bilhões de reais de recursos aplicados em fundos líquidos, ativos imobiliários e private equity. A Fosun tem cerca de US$ 50 bilhões em ativos sob gestão. Fundada pelo bilionário chinês Guo Guangchang, a Fosun tem crescido para se tornar o maior conglomerado privado da China, com participações variando desde companhias médicas até o grupo de turismo francês Club Med.

Comments are closed.