Grito da Terra Brasil quer atenção especial a trabalhadores rurais da terceira idade

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quarta-feira, 28 de abril de 2010 as 11:55, por: cdb

Os problemas e as dificuldades dos trabalhadores rurais que estão na terceira idade será um dos principais temas apresentados pela Confederação Nacional dos Trabalhadores na Agricultura (Contag) nas negociações previstas com o governo federal, durante o movimento Grito da Terra Brasil.

De acordo com a entidade, dos 25 milhões de tralhadores rurais, 30% – ou cerca de 7,5 milhões – encontram-se na terceira idade.

– Nossas preocupações vão desde as fraudes, que fazem de aposentados e pensionistas rurais vítimas de golpes com o crédito consignado, até a reivindicação para que o governo doe aos idosos do campo uma pequena terra com habitação, para evitar quer eles tenham de se mudar para as favelas das grandes cidades após serem demitidos pelo patrão –, explica o secretário de Terceira Idade da Contag, Natalino Cassaro.

O Grito da Terra Brasil é um movimento pelo qual, desde 1995, movimentos sindicais e federações ligados a trabalhadores rurais apresentam aos governos federal, estaduais e municipais uma série de reflexões, reivindicações e anseios gerados com base nas necessidades da agricultura familiar brasileira. O manifesto é organizado pela Contag.