Grega encontra desenhos que seriam de Van Gogh

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado quinta-feira, 27 de dezembro de 2007 as 15:34, por: cdb

Um caderno de rascunhos, que pode ter pertencido ao pintor holandês Vincent Van Gogh, foi encontrado por uma escritora grega em Atenas, na Grécia. Doretta Peppa encontrou o caderno junto com outros objetos que pertenciam a seu pai e passou dois anos tentando provar a autenticidade do livro.

As páginas do caderno reúnem desenhos quase idênticos a grandes obras do pintor, como Os Comedores de Batata e Auto Retrato com a Orelha Enfaixada, entre outros.

O caderno é proveniente da Academia Real de Artes, em Bruxelas, onde Van Gogh estudou perspectiva no final do século 19.

Testes de laboratório confirmaram a idade e autenticidade do tipo de papel usado no diário.
Peppa disse ao correspondente da BBC em Atenas, Malcolm Brabant, que seu pai era um soldado da resistência grega durante a Segunda Guerra Mundial e recuperou o livro de um trem nazista que transportava objetos roubados de volta à Alemanha no final da guerra.

Ainda não se sabe como o caderno foi parar nas mãos dos alemães, mas, de acordo com a lei grega, como ninguém reivindicou a propriedade do objeto, o caderno pertence à Peppa.

Tesouro

A especialista em artes grega, Athanassios Celia, descreveu os rascunhos do caderno como “um registro artístico único de um grande mestre e um tesouro para a história das artes”.

Um dos desenhos do caderno é um auto-retrato do artista cobrindo a orelha com as mãos. Para Peppa, a partir do desenho “é possível provar que esta foi a primeira imagem que o artista viu no espelho ao arrancar a orelha, antes de colocar a faixa”, diz a escritora.

Um dos quadros mais famosos de Van Gogh é Auto Retrato com a Orelha Enfaixada, onde o artista aparece com um curativo na orelha direita, que arrancou durante um dos ataques de problemas mentais.

Além do caderno, a escritora encontrou também encontrou uma fotografia em preto e branco. A imagem foi analisada por um especialista em ortodontia, Dimitris Berdelis, que mediu as proporções da cabeça e da face do artista com outra fotografia famosa de Van Gogh.

— De acordo com nossos métodos e medidas, a comparação é precisa, então podemos afirmar com certeza que se trata de uma fotografia de Vincent Van Gogh —, disse o especialista.

Caso a autenticidade do caderno de rascunhos seja reconhecida internacionalmente, o objeto pode ser avaliado em milhões de dólares, já que as obras de Van Gogh estão entre as mais caras do mundo.