Greenpeace quer que Kirchner que retire apoio a EUA

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 8 de setembro de 2003 as 23:50, por: cdb

A organização ecológica Greenpeace voltou a pedir, nesta segunda-feira, que o governo argentino retire seu apoio à demanda que os Estados Unidos apresentaram à Organização Mundial do Comércio (OMC) contra a União Européia (UE) pelo bloqueio à importação de novos transgênicos.

Cerca de vinte membros da organização, vestidos como executivos, reuniram-se em frente à Secretaria de Agricultura em Buenos Aires, entre eles um com uma máscara do presidente George W. Bush, carregando bonecos de bebês com sementes de transgênicos na boca.

A Argentina se somou à demanda apresentada por Washington contra a UE em maio deste ano, poucos dias antes do fim do mandato do então presidente Eduardo Duhalde.

A organização afirma que a demanda está sendo avaliada pela OMC e que a Argentina ainda pode se retirar, considerando a participação do país “injustificada e irracional do ponto de vista do interesse comercial argentino, já que o país não foi prejudicado economicamente pelo bloqueio europeu”.

– Continuar com este processo junto à OMC não é mais que acompanhar os interesses do governo Bush, que pretende submeter o restante do mundo a sua política unilateral, utilizando a OMC para varrer qualquer regra ambiental ou sanitária preventiva por parte dos outros países – afirmou o Greenpeace em um comunicado.