Grandiosidade marca 1º dia de desfile do Grupo Especial do RJ

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado segunda-feira, 4 de fevereiro de 2008 as 14:52, por: cdb

Nem a chuva que atinge o Rio de Janeiro desde o final de semana tirou o brilho das escolas do Grupo Especial. Os desfiles foram marcados pelo luxo das fantasias e a imponência das alegorias. A águia gigante da Portela, uma reprodução do Maracanã e um carro em forma de pista de esqui estão entre os principais destaques da noite. 

A primeira escola a desfilar na avenida foi a São Clemente, representante da Zona Sul carioca, que voltou à divisão especial do carnaval carioca depois de quatros anos, contando a vinda da Família Real para o Brasil. A escola de São Gonçalo, Porto da Pedra, veio com carros alegóricos grandiosos para homenagear os cem anos da imigração japonesa.

Já o Salgueiro fez uma homenagem à Cidade Maravilhosa. A escola trouxe um Maracanã com luzes de neón e um Calçadão de Copacabana móvel. O azul e branco da Portela invadiu a avenida a seguir, com uma bela celebração ao meio-ambiente. Uma águia, símbolo da escola, com 23 metros de comprimento e 8 de altura, abriu o desfile.

Apesar da chuva, a Mangueira brilhou e voltou os olhos para Nordeste e homenageou – com muita cor – o centenário do frevo. A bateria foi seguida pelos bonecos igantes de Olinda, o último carro da escola celebrou outro aniversariante: Cartola, que faria 100 anos em 2008.
Encerrando a noite com criatividade, a Viradouro trouxe uma pista de esqui na neve no carro abre-alas.