Graças ao antidoping, Christiane Titz fica com o bronze no atletismo

Arquivado em: Arquivo-CdB
Publicado domingo, 10 de agosto de 2003 as 20:04, por: cdb

A gaúcha Christiane Ritz herdou a medalha de bornze na prova dos 800 metros rasos no Pan-Americano de Santo Domingo.

A corredora terminou em quatro lugar na competição, mas foi beneficiada com o resultado do exame antidoping que tirou a medalha de ouro de Letitia Vriesde, a vencedora da prova.

O controle de droga, feito em Montreal, no Canadá, acusou a presença de cafeína na urina da atleta. Com isso, o atletismo do Brasil ficou com 16 medalhas no Pan, o mesmo número conquistado em Winnipeg-99.